Colaboradores EduLivre são pessoas transformadoras

Já pensou em ajudar jovens na busca por um futuro melhor? Então vem com a gente! Seja um colaborador do projeto Educação Livre

O programa de colaboradores EduLivre é formado por pessoas transformadoras, que querem inspirar jovens e mudar a educação no Brasil.

Por que mudar?

Hoje, no Brasil, mais da metade dos 43 milhões de jovens entre 16 e 29 anos têm renda familiar menor que três salários mínimos. Cheios de sonhos, esses jovens, com frequência, não atingem seus objetivos em função do nível educacional ou de conhecimentos.  Desanimados e desestimulados, muitos deixam de lado seus projetos de futuro melhor.

Por outro lado, as empresas ofertam vagas em seus quadros, mas não conseguem encontrar pessoas para ocupar os postos.
Aos que buscam se colocar no mercado de trabalho, falta a associação dos conhecimentos à prática, no ambiente das empresas — principalmente em áreas como português, matemática e habilidades para a vida.

No Educação Livre, acreditamos que a educação é transformadora dessa cenário. Com conteúdos aplicados à vida real, as trilhas EduLivre ajudam na educação e oferecem conhecimentos que aproximam os jovens do mercado de trabalho e da realização dos seus sonhos.

É só isso?

Opa! Para oferecer a aproximação entre jovens, seus sonhos e o mercado de trabalho, precisamos de mais algumas coisas:

  • um conteúdo fácil e voltado para a vida real
  • oportunidades de trabalho
  • pessoas inspiradoras e transformadoras

O colaborador EduLivre é essa pessoa.

Com o seu conhecimento e sua atuação social, o colaborador pode:

  • ser um conteudista – fazer lições, gravar vídeos ou produzir outros tipos de recursos educacionais para nossas lições e plataforma
  • ser um curador – escolher os conteúdos de terceiros que vão para nossas lições e plataforma
  • ser um facilitador – usar o conteúdo EduLivre na sua comunidade, presencialmente
  • ser um coder – contribuir com a modernização da nossa plataforma e serviços

Vem ser uma pessoa transformadora! Vem ser colaborador EduLivre.

Colaboradores EduLivre contam sua experiência.
Dá o play!

(SESI Ibura — Recife /PE)


Acompanhe a gente!

          

 

Educação Livre é mais que um projeto

Nossa missão

Oferecer conteúdos aplicados a vida real, em ambiente digital e numa linguagem fácil.

Nossa visão

Transformar pessoas com uma nova forma de ensinar e aprender.

Nossos fundamentos

Conteúdo: oferecer conteúdos aplicados a vida real
Tecnologia: em microlearning, num ambiente digital
Linguagem: FÁCIL!

O que são Habilidades Cognitivas

As Habilidades para a Vida, apontadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) foram divididas em três grandes grupos: habilidades sociais, habilidades cognitivas e habilidades para o controle das emoções.

Habilidades sociais: Comunicação, Negociação, Cooperação, Relações pessoais, Empatia.

Habilidades cognitivas: Compreensão de normas, Pensamento crítico, Tomada de decisão, Solução de problemas, Consequências das ações

Habilidades para o controle das emoções: Controle de estresse, Controle de sentimentos.


Vamos falar das habilidades cognitivas?

As habilidades cognitivas são aquelas relacionadas a nossa capacidade de pensar, aprender, lembrar e relacionar informações e conhecimentos. Quando desenvolvemos as habilidades cognitivas, aumentamos a capacidade entender melhor situações da vida e do trabalho, tomar uma decisão e solucionar problemas.

Cinco delas, são bastante importantes:

Compreensão de normas

É o entendimento de que as normas de relacionamento social e profissional são importantes para a manutenção dos relacionamentos e o bom andamento dos trabalhos.

Pensamento crítico

É a capacidade para analisar uma situação, avaliar e chegar a conclusões pessoais, com base na sua experiência de vida.

Tomada de decisão

É a atitude de agir ativamente para que as coisas aconteçam. Decidir de forma consciente qual caminho seguir, avaliando as diferentes possibilidades e suas consequências.

Solução de problemas

É a capacidade de administrar os problemas de forma flexível. É entender uma situação de conflito como uma oportunidade de crescimento pessoal e social.

Consequências das ações

É a compreensão de que nossas ações e posicionamentos, tanto na vida pessoal quanto na vida profissional, trazem consequências. Cabe a cada um avaliar quais são as consequências por meio do pensamento crítico.


O desenvolvimento de Habilidades para Vida — habilidades sociais é um dos objetivos do projeto Educação Livre.

 


Acompanhe a gente!

          

 

O que são Habilidades Sociais

As Habilidades para a Vida, apontadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) foram divididas em três grandes grupos: habilidades sociais, habilidades cognitivas e habilidades para o controle das emoções.

Habilidades sociais: Comunicação, Negociação, Cooperação, Relações pessoais, Empatia.

Habilidades cognitivas: Compreensão de normas, Pensamento crítico, Tomada de decisão, Solução de problemas, Consequências das ações

Habilidades para o controle das emoções: Controle de estresse, Controle de sentimentos.


Vamos falar das habilidades sociais?

As habilidades sociais são aquelas que que influenciam nosso relacionamento com outras pessoas.

É também como expressamos para o outro nossas opiniões, é a nossa atitude e o nosso comportamento diante do nosso grupo de convivência — que pode ser familiar, de trabalho, a comunidade onde moro, …

Entre as habilidades sociais, cinco delas são bastante importantes no nosso dia a dia.

Comunicação

É expressar nossa opinião, pensamentos, sentimentos, valores e desejos de forma clara e precisa, sem desrespeitar o outro. É fundamental para podermos nos expressar e estabelecer limites claros nas nossas relações.

Cooperação

Essa habilidade pode ser associada diretamente com aquilo que conhecemos como trabalho em equipe. É a união de forças, de forma positiva, para atingir um resultado melhor do que aquele que conseguiríamos sozinhos.

Negociação

A habilidade de negociação é a capacidade de entender uma situação de forma completa e realizar trocas positivas com essa informação. Apesar de ser associada com vendas, a habilidade de negociação é importante para obter uma situação melhor do que aquela que nos encontramos. Podemos, por exemplo, negociar com nossos colegas como será distribuído o trabalho, para que ninguém fique sobrecarregado.

Empatia

É a capacidade de enxergarmos a vida pelo ponto de vista da outra pessoa. Se colocar no lugar do outro para compreender melhor sua realidade. É nossa melhor forma de exercermos a solidariedade.

Relações pessoais

É importante sabermos como criar e manter relações significativas com as pessoas. Também é fundamental sabermos como terminar relações pessoais com quem não colabora com nosso crescimento. Das relações pessoais fazem parte outras duas habilidades: a cooperação e a negociação.


O desenvolvimento de Habilidades para Vida — habilidades sociais é um dos objetivos do projeto Educação Livre.

 


Acompanhe a gente!

          

 

Habilidades para a Vida

O comportamento que temos na adolescência e quando jovens estabelece grande parte da nossa conduta quando adulto. Assim, a juventude é a fase da vida onde devemos desenvolver habilidades que ajudem a controlar a raiva, melhorar o desempenho nos estudos e promover uma convivência social positiva.

 


Acompanhe a gente!

          

 

EduLivre e Ponto Cidadão criam núcleo para produção de conteúdo

Um núcleo de construção de conteúdos para o projeto Educação Livre está em montagem com os jovens da ONG Ponto Cidadão.

A proposta do núcleo foi apresentada para mais de 40 pessoas, na última semana. O objetivo é criar uma rede colaborativa para estruturar objetos educacionais voltados, principalmente, para jovens que buscam melhores condições de empregabilidade.

A primeira experiência com produção de conteúdos, em conjunto com a Ponto Cidadão, começou em junho, depois da Maratona EduLivre. Um grupo de oito participantes preparou o primeiro material sobre a diferença entre naturalidade e nacionalidade — um dos problemas identificados por recrutadores, no preenchimento dos formulários de oferta de vagas.

A ONG Ponto Cidadão é uma das parceiras do Educação Livre em Pernambuco. Ela atende jovens em situação social e economicamente vulnerável. Seus projetos oferecem não só a capacitação profissional e o aumento da empregabilidade, mas também oferece ferramentas de construção de um novo caminho de vida.


Acompanhe a gente!

          

 

Projeto Educação livre lança campanha para produção de conteúdo

O projeto Educação Livre lançou campanha para produção colaborativa de conteúdos educacionais. O objetivo é compor seu portfólio com materiais feitos numa linguagem simples e fácil, dirigida ao jovens de 16 a 29 anos.

O primeiro desafio EduLivre é explicar o conceito de metro quadrado. A proposta está nas redes sociais do projeto.

Desafio #EduLivre: O que é metro quadrado? – Aceita o desafio?

Publicado por EduLivre em Quinta, 2 de junho de 2016

A criação de conteúdo colaborativo começou em maio, em Pernambuco, com a realização da Maratona Educação Livre. No evento, os alunos fizeram propostas para três aulas, que estão em produção, com a equipe EduLivre, em Recife.

Até o final de julho, estão previstos mais dois desafios, um em língua portuguesa e outro em habilidades para a vida.

O Projeto Educação Livre — Aprendizagem Digital para Inclusão no Mundo do Trabalho (EduLivre)- é uma parceria entre o Sistema Indústria, UNESCO e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Seu objetivo é a inserção de jovens de 16 a 29 anos no mercado de trabalho.

Para isso, o EduLivre vai promover o desenvolvimento de competências básicas em língua portuguesa e matemática e de habilidades para a vida, por meio de um processo educativo diferenciado. A proposta é usar as novas tecnologias educacionais, aliadas a linguagem descontraída e simples, característica dos jovens dessa faixa etária.


Acompanhe a gente!